Notícia

curtimento de couro vai à justiça para brigar por aumento salarial

10/03/2015
curtimento de couro vai à justiça para brigar por aumento salarial

**atenção, o reajuste que brigamos na justiça é para as empreas que não fecharam acordo coletivo**

Prezados companheiros; no dia 30 de outubro de 2017 o diretor presidente do Sindicato dos Trabalhadores Coureiros de Presidente Prudente e Região juntamente com o presidente da nossa Federação estiveram na DRT (Delegacia Regional do Trabalho) para mais uma tentativa de fechar o reajuste salarial do setor de curtimento.

Lamentavelmente, as negociações não evoluíram, visto que o representante do Sindicato Patronal não apresentou nenhuma nova proposta, pelo contrário, reiteraram as mesmas propostas já feitas em rodadas anteriores, ou seja, não avançamos em nada!

Desde a primeira rodada de negociação o Sindicato dos Trabalhadores Coureiros tem buscado fechar o acordo coletivo de 2017 nas mesas de negociações que participamos; porém o Sindicato Patronal demonstra total desrespeito com os trabalhadores e fez de tudo para que isso não fosse possível apresentando propostas insatisfatórias e até retirada de benefícios. 

Bem ao contrário do que os patrões imaginam ou imaginavam, não vamos abrir mão dos nossos direitos. Sendo assim após várias reuniões e a mesa redonda no MTE não ter resolvido à questão do reajuste salarial, foi instaurado dissídio coletivo e assim ficaremos a mercê do tribunal para decidir o nosso aumento salarial.

Nossa categoria se une em busca de melhorias e não de retirada ou diminuição de direitos. Diga Não a reforma da previdência e vamos lutar pela anulação desta reforma trabalhista que só fere aos trabalhadores.

Estamos nas redes sociais; dúvidas acessem e mande perguntas, sugestões, denúncias. Neste momento devemos unir forças em defesa de nossa categoria.

WHATSAPP Recepção (18) 99657-5466 / Jurídico – (18) 99788-8859 ou então acesso nosso site e face com endereços identificados abaixo.